Seguidores

27 de jun de 2010

Ser Professora


Sempre achei que ser professora era conjugar verbo no gerúndio: fazendo, trabalhando, pesquisando, revisando, revendo, corrigindo, correndo. Hoje, estou mais tranqüila, mais sensível aos sons do mundo, aos cheiros da terra. O movimento do verbo no gerúndio em mim corre como rio: lento, vagaroso. Parece o tempo todo se espreguiçar, deixando o ”trabalhando” para depois: depois do café com os amigos, depois da corrida diária, depois da leitura do livro preferido, depois. Hoje, com certeza, meu tempo já não é mais o gerúndio. Escolho o tempo verbal para o tempo vivido no momento e já consegui reescrever pelo menos uma parte dos versos da música dos Titãs: “devia ter amado mais, trabalhado menos”. Acho que adoeci/enlouqueci: a educação mandou-me embora do trabalho e agora me supervisiona de longe. Será que estou em estágio final? Não! “Os meus temores noturnos terminaram por me aguçar, nas manhãs abertas, a percepção de um sem-número de ruídos que se perdiam na claridade e na algazarra dos dias e que eram misteriosamente sublinhados no silêncio fundo das noites. Na medida, porém, em que me fui tornando íntimo do meu mundo, em que melhor o percebia e o entendia na “leitura” que dele ia fazendo, os meus temores iam diminuindo”.
Continuando no ato de “re-ler” momentos importantes da minha experiência como educadora, é possível dizer que ainda sonho, que ainda planejo a luta diária, que ainda desejo ardentemente me juntar a todas as “gentes” que acreditam que a entrada na casa da educação não é indicação de um único caminho, mas é porteira a garantir horizonte. Então, que continuemos avançando, com as dores e alegrias próprias de cada etapa, temperando a vida com trajetos nunca antes percorridos.

6 comentários:

Fernanda Camargo disse...

Adorei conhecer este blog.
Parabéns!
bj

Anônimo disse...

Parabéns. Adorei visitar o blog.

bjs,
marisa.

Educar é tudo... disse...

Marisa,

Amei o teu Blog,me identifiquei muito!
Parabéns!
Miriam

Marta Kruel Ribas Santolim disse...

Que beleza de blog! Ao visitá-lo, fico emocionada,acreditando cada vez mais no caminho da educação, através de muita, muita leitura.
Os nossos pequenos da Educação Infantil também amam ouvir histórias, conhecem vários autores, reconhecem personagens e deliciam-se com as poesias. Neste semestre, as professoras estão contando histórias maiores, em capítulos. A curiosidade e motivação é intensa.
Parabéns, EDUCADORA Marisa! Além de muito "intelijuda", és muito sensível.
Com todo o meu carinho e saudações franciscanas de Paz e Bem!
Marta Kruel Ribas Santolim

Anônimo disse...

Querida amiga,
Que blog lindo! Parabéns pela iniciativa. Tu és um exemplo de profissional. Estarei sempre passando por aqui para me atualizar e conferir as dicas de leitura.
Com carinho, Aline Tonin.

Anônimo disse...

parabens
pelo blog.
andressa